quinta-feira, 14 de outubro de 2021

A MEIO CAMINHO


A pouco e pouco, vou-me aproximando de ti
devagar e de forma quase impercetível
espreitando pelo canto do olho
para ter certeza de que te apercebes
de todos os movimentos e aproximações
analisando com inteira agitação a tua reação.

O meu pobre coração bate aceleradamente
em ritmo inconstante, leviano e profano
que me provoca até dificuldade
em fazer chegar aos pulmões tão arfantes
o ar abençoado e oxigenado que respiro
perfumado por um odor que me chega de ti.

E é esta fragância que do teu corpo se solta
leve, imponente, desgarrada e tão fresca
que comanda os meus sentidos
deixando-me transtornada e bloqueada 
num estado hipnótico e de autêntico transe 
perdendo a noção de quem sou e o que faço.

Volto a espreitar pelo canto do olho, matreira
e sinto-me invadida por uma angústia vil
continuando nós à mesma distância
cada um no seu continente, no seu espaço
embora se mantenha a falsa sensação
de que me vou aproximando de ti aos poucos.

Assim, de forma indireta, hábil e muito penosa
mantemo-nos muito afastados um do outro
e todos os meus músculos contraídos 
se queixam já do tremendo e anormal esforço 
e é num ato impregnado de desespero
que te proponho com sinceridade e carinho
que nos encontremos, amado, a meio caminho.


CÉU

78 comentários:

  1. Sempre malandreca mas também sempre muito inspirada.
    Beijos, bfds

    ResponderEliminar
  2. Olá, amiga Céu!
    Bem vinda ao nosso convívio! Espero que tenha relaxado, e esteja bem.

    Poema muito bem estruturado, e muito cativante.
    Onde o desejo, a ansiedade, a emoção, de encontrar o amor, está bem patente nestas belas palavras!

    Parabéns, pela inspiração!
    Votos de um excelente fim de semana!
    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Olá, Céu!
    A meio caminho, mas, se tivermos a falar de África (Marrocos) não será assim tão distante. Esse seu jeito, não deixa dúvidas do seu talento e bom gosto musical. Um abraço de muita amizade,

    ResponderEliminar
  4. Regresas con un intenso y bello poema.
    Bonito leerlo.
    Un beso. Feliz fin de semana.

    ResponderEliminar
  5. Grande história, muito bem expressa naquele momento em que sentimos algo forte, essa química e temos a pessoa em questão próxima.
    Feliz fim de semana.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde de sábado, querida amiga Céu!
    Que bom ter voltado!
    Sentia sua falta e do seu versar intenso.
    Hoje vou me deter no tema do seu poema, estar a meio caminho já é Amor e que todo meio caminho seja transformado num prosseguir seguro não interrompido, num Amar doce e verdadeiro.
    Tenha um bimestre de final de ano na serenidade.
    Beijinhos com carinho de gratidão e estima
    😘🕊️💙

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom domingo, minha amiga!
      Esqueci-me de fazer menção ao lindo vídeo que me emocionou. Vim ouvir novamente.
      Obrigada por tudo (pelo e-mail também e sobretudo pelo seu carinho constante).
      É uma amiga ímpar.
      Seu talento poético cativa e por trás da poesia tem uma alma generosa e fraterna.
      Que a nova semana seja serena!
      Beijinhos carinhosos

      Eliminar
  7. Preciosa canción y magnifico aporte literario.

    CEU querida, te envío mi abrazo pleno de aprecio.

    ResponderEliminar
  8. Costuma dizer-se que no meio está a virtude e a solução pode passar por aí.
    A canção do vídeo mostra dois ídolos consagrados da cena musical francesa.
    Pena é que o galã não tenha soltado o canto, porque sei que ambos têm belos duetos.
    Estou satisfeito pelo seu regresso.
    Abraço de amizade.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  9. Muito linda e gosto da sensualidade das tuas poesias! Como estás? Fazia um tempão! beijos, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  10. Olá, minha amiga,

    Que belo poema, vou lendo e identificando os arrebatamentos, as expectativas, os estremecimentos e todo o rol de sentimentos já descritos pelos que alguma vez experimentaram a paixão. Quanto ao vídeo, eis aí Sylvie Vartan em pleno auge!

    Beijo

    ResponderEliminar
  11. es una gran alegria para mi volver a leerte Ceú , tus poemas son sarmientos llenos de la magia del sentimiento cuando es vivido ...,feliz regreso,tuyo siempre amigo .jr.

    ResponderEliminar
  12. Querida menina Céu, como você está? Faz tempo que você deu a sua pausa, espero que esteja tudo bem com você e as suas mãos! Fiquei feliz em vê-la novamente aqui na blogosfera!

    Por aqui seguimos do jeito possível, minha mãe agora tem uma cuidadora durante a semana em horário comercial, já estava ficando difícil demais sem ajuda de uma profissional.

    Com relação ao poema eu senti uma paixão retraída, não declarada e o sofrimento por não estar nos braços da pessoa amada. Poderia ser uma paixão platônica, impossível de acontecer ou simplesmente por timidez. Achei o poema muito delicado e sonhador.

    Bom que esteja de volta e parabéns pelo Dia dos Professores, uma data pra ser lembrada e muito festejada, pois é uma das carreiras mais lindas e importantes na formação de todas as pessoas.

    Beijos, abraços e uma ótima semana!

    ResponderEliminar
  13. Hola amiga Céu. Que alegría volver a leer tus hermosos versos. Besos y buen fin de domingo.

    ResponderEliminar
  14. Todos os afastamentos causam dor. Por vezes não há meio caminho possível.

    Beijinhos e tudo de bom, com saúde!

    ResponderEliminar
  15. Tanto tiempo, amiga. Extrañaba leerte, siempre tan nítida, sensual e inspirada...

    Abrazo grande, CÉU.

    ResponderEliminar
  16. Olá, Céu!

    Que lindo poema nos trouxe após sua pausa para descanso. Escreveu com delicadeza sobre o desejo pelo toque apaixonado.
    Em alguns momentos se faz necessário tomar a iniciativa, a fim de diminuir a distância e deixar a paixão ganhar espaço.

    Um abraço,
    Sônia



    ResponderEliminar
  17. Hola Céu,

    Realmente se te echaba de menos más que nada por tus poemas sensuales y de una ternura exquisita, a parte claro está de un léxico que me encanta tanto en estructura como en cadencia. Tienes ese estilo tan particular que personalmente entiendo muy bien. No en vano entre gallegos y portugueses nos unen más cosas de las que creemos. Gracias por ser como eres, ejemplar, solidaria, preocupada por los demás, empática y que tus versos o prosa poética son el fiel reflejo de una mujer madura llena de pasión, ya que nunca se debe perder. Abrazos y besos desde mi costa gallega, querida amiga.

    ResponderEliminar
  18. Distâncias geográficas, emocionais, conscienciais, perspectivas... Angustiosas barreiras invisíveis e tão tangíveis; A meio caminho, um paradoxo; concreto, abstrato, imanente, transcendente. E os corações espreitam, mas... Mais um poema bem escrito, instigante mas, não matador de cardíacos. Rs rs rs...

    Um abraço. Tudo de bom.
    APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

    ResponderEliminar
  19. Que bom que voltou amiga. Já tinha saudade dos seus belos poemas.
    Nada mais triste que a separação de quem se ama.
    Abraço, saúde e boa semana

    ResponderEliminar
  20. Oi Céu,

    Que bom que está de volta!

    Senti falta dos seus poemas calientes e carregados de amor.

    Esse especialmente me fez pensar sobre os relacionamentos à distância e suas inúmeras dificuldades.

    Já me relacionei à distancia algumas vezes e digo que não é fácil, mas é possível. O momento do reencontro faz tudo valer a pena.

    Um abraço!

    ResponderEliminar
  21. Precioso. Un gusto leerte. <Saludos amiga.

    ResponderEliminar
  22. Que bom ter voltado, minha Amiga. E voltou com um poema de uma delicada sensualidade. Chegarão próximos através do aroma e da sede, mesmo a meio do caminho...
    Continue a cuidar-se.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  23. beautiful words...

    Thank you for sharing video

    ResponderEliminar
  24. Chego aqui e encontro lindíssimo poema, Céu
    Agradeço a sua tão gentil visitinha.
    Te desejo uma abençoada semana.
    Um carinhoso abraço
    Verena.

    ResponderEliminar
  25. Que bom que está de volta e seu retorno foi acompanhado por um belo poema.

    Uma ótima semana.
    Abrazo

    ResponderEliminar
  26. Canta pra mim como canta Sylvie
    que eu "te" olho com os olhos do
    Johnny.
    Johnny Hallyday foi meu herói no
    cinema e você minha poeta querida.
    Um beijo e obrigado pelas palavras
    sempre belíssimas que disse pra mim.

    ResponderEliminar
  27. Olá, Céu!
    Obrigada pela visita a meu blog.
    Te convido a seguir meu blog, sigo de volta!
    Amei seu blog, muito bom!
    Tenha uma feliz e abençoada semana.
    Beijos

    ResponderEliminar
  28. Ah que delicia conseguir uma escrita tão fluida e harmoniosa.
    Saudades... Como está você querida amiga? Espero que estejas bem. Aqui estamos levando a vida como a pandemia permite, todos os meus já vacinados com as duas doses.
    Muita Luz e Paz!
    Abraços

    ResponderEliminar
  29. Oi, Céu, esse poema me fez lembrar de um poema de Olavo Bilac, que fala sobre o caminho, algo assim, "na extrema curva do caminho extremo", procure no Google, se não conhece.
    Esperemos então que o magistério seja melhor visto pelos políticos. Beijos

    ResponderEliminar
  30. Cheguei tarde, mas mais vale tarde que nunca!
    Já sentia saudades de ler os seus poema, sempre tão "aliciantes, sedutores", Este é um pouco diferente mas muito, muito belo! Amei :))

    -
    Beijos e uma excelente tarde!

    ResponderEliminar
  31. Olá Céu!!
    Bom voltar a "ver-te"!
    E "vejo-te" com os mesmos olhos, que já conhecem a doce sensualidade dos teus poemas.
    Na verdade, deixas-nos mais um belo poema, deliciosamente sensual, sedutor, que transforma as palavras em doces carícias escorrendo sobre a pele, dilacerando todas as penumbras...
    Como num sonho, entrego-me à vertigem das palavras, tua sedução, onde o sonho é sempre fascinante, intenso e breve...infinitamente breve!

    Gostei de te "ver". Muito!
    Feliz noite. Beijos!

    ResponderEliminar
  32. Em primeiro lugar, que bom que voltou. Bom mesmo!!
    Espero que tenha recarregado as "baterias" energéticas, e esteja bem.
    O poema traz a tua marca inconfundível que é a do amor/paixão que tem a mágica de envolver a nós teus leitores. Lindamente é o poema como a autora.
    Beijinhos, amiga. Bem vinda ao nosso convívio.

    ResponderEliminar
  33. Lindo o amor aos seus olhos e no sangue apressado que cada verso induz.
    Bom lhe ver de volta na sua intensa poesia e saber que está bem, que foi apenas uma pausa necessária, para não perder a inspiração.
    Amei lhe ver por lá.
    Que a semana prossiga bela e leve amiga.
    Beijo e paz e vamos que vamos em mais este tempo de amar e espalhar o amor.

    ResponderEliminar
  34. Um regresso apaixonado e apaixonante, de um amor distante (talvez não por muito tempo). Com uma sensualidade sempre presente, um realismo visual que nos transporta para as palavras e ajudam a sentir e acompanhar o momento.
    Um beijo de saudades, a admiração, essa, está sempre presente.

    ResponderEliminar
  35. Espero que hayas descansado.
    Buen poema como siempre.

    Besos.

    ResponderEliminar
  36. Que lindo poema, amei lê!
    Obrigada pela visita e volte sempre.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  37. Boa tarde Céu,
    Bem-vinda ao seu Blogue depois desta ausência prolongada!
    Gostei imenso deste poema lindo e sensual tão ao seu jeito.
    Nem que seja a meio caminho que essas duas almas que se amam se encontrem para satisfação do amor.
    Beijinhos e continuação de boa semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  38. Voltei pra te ver e ouvir tua
    música, querida amiga. Ah, e reler
    os teus versos, poeta.
    Um beijo, um montão assim, oh!

    ResponderEliminar
  39. Oi Céu minha linda !
    Eu adorei essa entrega com uma confissão de saudade e desejo,
    num delicado e gostoso convite! Certo que logo logo o meio caminho
    vai passar a um só caminho.
    Estar assim apaixonada querendo tanto alguém por perto e deixar transbordar o sentimento é bom demais.
    Lindo e real_ distância maltrata mas os retornos são compensadores. Há comprovar, Céu .
    Beijos, amiga.

    ResponderEliminar
  40. Que bom que está de volta. Que possamos encontrar as pessoas que amamos todos os dias, entre idas e vindas e de forma surpreendente! Adorei o texto!

    Boa semana!


    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderEliminar
  41. Olá, Céu!
    Que lindo poema, amei ler!
    Amei seu blog, voltarei!
    Obrigada pela visita e comentário em meu blog e seja sempre bem vinda ao meu espaço!
    Beijinhos com carinho.

    ResponderEliminar
  42. Ei Ceu!
    Saudades de você.
    Primeiro deixo Bjins
    e em seguida vou
    ler seus versos e depois
    volto pra comentar
    sua maravilhosa poesia.
    CatiahoAlc.
    dos Blogs
    https://refletindosobrealimentacao.blogspot.com/
    https://frasesemreflexos.blogspot.com/
    https://reflexodalma.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  43. Que lindoooooo, Céu!!! Amei ler... fui lendo e vendo cada cena, cada respiração, cada passo e quem sabe esse encontro se faça, no meio de caminho.
    E que bela música você colocou acima...
    Feliz com sua volta...teus poemas são sempre maravilhosos, uma riqueza.
    Beijinhos
    Valéria

    ResponderEliminar
  44. Olá Céu,
    Gostei muito do seu poema, a meio caminho muita coisa pode acontecer, o melhor é ir com calma para nos aproximarmos bem!
    O vídeo é muito bonito!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  45. Olá, querida Céuzinha!
    Como vai essa saúde, depois de tão enorme pausa!
    Espero que nada de anormal, pois você é uma pessoa cheia de garra e enérgica
    quanto baste. Acerca de mim, muito mudou desde o terror pandémico.
    Mas graças a Deus ninguém da minha família se infetou, por enquanto, porque ainda não acabou apenas minimizou. Que bom que voltou, já tinha saudade da amiga Céuzinha, e da nossa poesia!
    Eu também estou voltando aos poucos, continuo limitada da minha visão e com falta de inspiração, a pandemia afetou-me bastante mesmo.
    E você amiga, sempre no seu melhor! Uma belíssima inspiração poética, repleta de sensualidade, paixão e entrega a um amor que transborda mesmo à distância. Gostei muitíssimo, os meus parabéns!
    Beijinho carinhoso de paz e saudade.
    Luisa Fernandes



    ResponderEliminar
  46. Que se encontrem , então , a meio caminho e depois construam juntos um só caminho .

    Caloroso abraço, minha amiga, tudo de bom :)

    ResponderEliminar
  47. Olá, Céu...
    É bom ver você poetizando novamente com versos românticos e intensos.
    O meu carinho...

    ResponderEliminar
  48. Até que enfim encontrei o céu.
    Como sempre escrevendo textos que me fazem sentir mais jovem. O meu pobre coração bate aceleradamente.
    Espero que estejas bem.
    Um abraço, paz e bem

    ResponderEliminar
  49. Olá, CEU

    Fico feliz em encontrá-la novamente escrevendo com seus apimentados textos.

    Parabéns por mais uma postagem!

    Desejo um ótimo sábado e tudo de bom.

    ResponderEliminar
  50. É bem difícil quando a distância separa quem se ama.
    Sentido e belo poema. Gostei de a ver voltar.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, amiga Céu!
      Passando por aqui, relendo este lindo poema que muito apreciei, e desejar um Feliz fim de semana com muita saúde.
      Beijinhos com carinho e amizade.

      Mário Margaride

      http://poesiaaquiesta.blogspot.com

      Eliminar
  51. El buen manejo de imágenes olfativas, cuando el deseo las incentiva. Un abrazo. Carlos

    ResponderEliminar
  52. Vuelves con más fuerzas que nunca, desnudando tu alma y expresando todo lo que llevas dentro,

    Besos

    ResponderEliminar
  53. Es un poema estupendo,sutil y hermoso.
    Te mando un abrazo.

    ResponderEliminar
  54. Querida CEU.

    Te deseo lo mejor para este resto de fin de semana.

    Recibe un abrazo con aprecio

    ResponderEliminar
  55. Gostei muito do texto poético. Já diz o ditado; “devagar se chega longe”.

    Bom domingo.

    ResponderEliminar
  56. Hola Céu, me alegra leerte, precioso poema.
    Feliz semana.
    Un abrazo

    ResponderEliminar
  57. Olá Ceu, ca estamos de volta.
    Gostei da tua visita, depois de tanto tempo mas não me esqueci de ti.
    Um poema que me fascinou e ise encontro a meio caminho que não seja numa ilha volcánica, please. Puderían multiplicarse as erupciãos, (rsrs)
    Ficamos á espera.
    Um abraço, amiga.

    ResponderEliminar
  58. Falarei inicialmente
    De ti amiga querida,
    Que jamais foi esquecida
    Mesmo que ficasse ausente
    Visto que a mina alma sente
    Quando distante do do céu
    Da blogosfera, ao leu
    O DISTANTE DO CÉU fica
    Da tua atuação rica
    Da poesia sob um véu...

    Véu diáfano sobre o leito
    Do amor luxurioso
    Que leva noss'alma ao gozo
    Do um prazer sem preconceito,
    Sem pudor e faz o efeito
    De um bálsamo glorificante
    Para o suspiro do amante
    Que mitiga o seu direito.

    Teu poema sensual
    É luz que a alma alumia
    Por existir poesia,
    Paixão, amor e tesão
    Como intensa sensação
    Que o amor é luz e procria.

    Parabéns, meu amor! Seja bem-vinda! Abraço fraterno. Laerte.

    ResponderEliminar
  59. Olá Céu,voltou em grande...o poema é lindo.
    Beijinhos e uma feliz semana

    ResponderEliminar
  60. Olá Céu!

    Mágico seu poema, amei ler...
    Lhe desejo uma semana iluminada.
    Abraços Loiva

    ResponderEliminar
  61. OI, CÉU.
    POEMA LINDO. OBRIGADA PELA VISITA NO (RECEITAS DA IS...)
    BJS

    ResponderEliminar
  62. Cuanto tiempo amiga Cielo, alegría de estar en este nuevo encuentro. Un bello poema muy bien estructurado y mágico, como siempre mágico ha de ser el amor. La canción que le acompaña de Sylvie Vartan preciosa, hacía años que no oía ninguna de sus canciones.
    Me encantó leerte de nuevo.
    Un gran abrazo amiga y buena semana.

    ResponderEliminar
  63. Que perfeição,amei!♡
    Grande abraço querida!♡♡♡

    Mulher nova era

    ResponderEliminar
  64. Céu, é tão bom ter-te de volta!
    Um poema algo diferente e de que gostei muito. Há nele uma contenção inesperada, uma impossibilidade que se adivinha...
    Beijo

    ResponderEliminar
  65. Eres muy inteligente y amas a la cultura

    ResponderEliminar
  66. Olá Céu!
    Tão lindo, tão sensual.
    Belo Poema!
    bjsss e obrigada pelo carinho.

    ResponderEliminar
  67. amiga, ontem não vi teu comentário, talvez foi depois que saí do blog. Obrigada pelo carinho lá. depois volto com calma para ler teu poema, bjs

    ResponderEliminar
  68. Olá amiga! Saudades de vir aqui, fico feliz que voltou. Como sempre compõe poesias com perfeição. As palavras são embaladas em total sintonia. Amoooo💟

    Passa lá no blog, vou amar te receber.

    Beijos,
    Paloma Viricio💫🌟

    ResponderEliminar
  69. Que bom saber da sua volta seja bem vinda, lindo o poema bjs.

    ResponderEliminar
  70. Num meio caminho andado
    Muito se vê além dos olhos
    No coração bem entrelaçado
    Onde escorre amor aos molhos!

    Seja de novo benvinda ao mundo das utopias!

    ResponderEliminar

O MUNDO PASSA POR AQUI