segunda-feira, 24 de maio de 2021

BANCO DOS RÉUS

Disseste-me, hoje, que me ias despir de preconceitos
lentamente, beijando a minha boca, pescoço e seios
e não, não fazias a mínima intenção de parar
pois estavas tomando para ti o meu saboroso gosto
apreciando o cheiro da minha pele sensível e apetecível.

E percorrias o meu corpo com as tuas esfaimadas mãos 
nuns momentos completamente louco, firme e hirto 
noutros, amorosamente e deliciosamente quase morto.

E sentias as minhas coxas a chamarem-te impunemente
os meus roucos gemidos e todos os meus sentidos
te impeliam para o meu néctar, que querias tanto provar.

Provaste-o bem, tal como o meu corpo com odor de jasmim
porque o meu corpo foi mais do que estavas a imaginar
foi mais do que uma sentença a que entregaste sem vacilar.

Ficaste com a certeza de não querer que te parasse de julgar
e pude fazê-lo com sabedoria enquanto fizemos amor 
os dois encaixados, em êxtase, no banco dos réus.
Que a tua pena seja sempre dura, pesada e prisioneira 
tendo só como liberdade o meu corpo e este doce mel meu.


CÉU

123 comentários:

  1. Olá, querida amiga Céu!
    Parece que adivinhava que postaria por agora quando lhe escrevi hoje.
    Que vídeo vibrante!
    Seu poema nos faz sentar no "banco dos réus" também.
    Toda sinestesia impressa nela, todo sentido atento em continência sensorial... Quão belo é sentir assim!
    O corpo amante é sempre além da imaginação, ultrapassa os sonhos e se atesta nos desejos acelerados que corpo e espírito emitem ao ��.
    Inspiração íntegra, Céu. Parabéns!
    Como sempre digo, seu poema é para se sentir...
    Tenha uma nova semana abençoada!
    Beijinhos carinhosos e fraternos

    ResponderEliminar
  2. Uauuu, cheguei primeiro dessa vez, querida Céu !!

    E já me envolvi desde o primeiro verso desse sensualíssimo poema, podes crer! A medida que fui lendo fui me deleitando com a voragem de suas palavras. Seu poema rico de imaginação e criatividade também revela a paixão e o prazer com que escreves, com pinceladas deliciosas de um erotismo visceral, tão ao seu estilo querida amiga. Parabéns mil pela elegância com que escreves o ato de amor. Adorei.
    Beijo e abraço, Céu !!

    ResponderEliminar
  3. Uma bela sentença poetizada com a arte Céu.
    Bom lhe ver postando amiga, já tinha passado por aqui hoje e agora vejo esta atualização com marca registrada belamente.
    Que seja o amor a prisão dos corações enamorados.
    Bonito trabalho amiga.
    beijo e paz e cuide-se bem.
    Feliz seja a semana.

    ResponderEliminar
  4. Caramba Céu ler este poema logo pela manhã, na minha idade, quase me dava o badagaio.
    Estou a brincar, não me leve a mal.
    Gostei muito do poema. Como não gostar?
    Abraço, saúde e uma boa semana

    ResponderEliminar
  5. O néctar a transformar-se em mel num corpo com aroma de jasmim a tornar-se irresistível. Sensual e belo, minha Amiga Céu, este seu poema tão ao seu jeito.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  6. Olá, amiga Céu!
    Tudo bem por aí? Espero que sim.
    Por aqui tudo bem.
    Tem aqui um poema escaldante!...
    Muito bem descrita esta epopeia sensual e erótica...
    Faz com que o leitor, fique sem respiração...
    Mas por favor! Não coloque o seu sujeito poéticop no banco dos réus. Rsss.

    Gostei muito!

    Beijinho, e ótima semana!

    ResponderEliminar
  7. Céu, querida, que poderoso! Amei este embate, julgamento que só rendeu prazer a dois amantes, inevitável.
    Abraço e boa semana!

    ResponderEliminar
  8. Hola amiga Céu. Siempre un placer leerte. Besos :)

    ResponderEliminar
  9. Olá. Qual o Homem que desdenharia estar sentado (ou deitado) nesse banco dos réus?...Poema lindíssimo. Sensual quanto baste. Um "grito" de entrega em sedução libidinosa. Gostei muito de ler.
    O vídeo, tão antigo, é sempre deliciosamente bom de ouvir. Dalila interpretando: " Besame mucho". Uma sábia escolha para tão libidinoso poema

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  10. Oi minha linda amiga Céu amei ler seu poema ,..
    Saudades !!
    Com meu carinho sempre feliz semana iluminada 💝🙏愛Bjinhos🌹🌻

    ResponderEliminar
  11. Dá para se imaginar no momento, ao tracejar cada palavra e linha.
    Forte abraço, e bons sonhos ;)

    ResponderEliminar
  12. Mucha pasión y sensualidad hay tus bellas letras.
    Un placer el leerte siempre, amiga Céu.
    Un fuerte abrazo.

    ResponderEliminar
  13. estrofas llenas de ternura y sentimiento donde el amor es protagonista ,Céu recibe mis saludos y un fuerte abrazo , feliz semana. jr.

    ResponderEliminar
  14. Olá, CÉU!
    Mais um poema cheio erotismo. Muito belo e instigante. Doce e apetitoso de se ler.! E quem não gostaria de estar neste banco dos réus?
    Amei
    -
    Se o mundo rodasse numa esfera colorida
    -
    Beijo e uma excelente semana...

    ResponderEliminar
  15. Boa noite, minha querida Céu!
    Um poema que me deu arrepios na pele!
    Tão sensual e com sentimentos à flor da pele!
    Um beijinho recheado de sensualidade!
    Megy Maia🌼🐱🌼

    ResponderEliminar
  16. Vale sempre a pena vir aqui
    Um conteúdo literwrio que é uma certeza
    😊

    ResponderEliminar
  17. Rica e linda inspiração e nesse banco dos réus do amor ,não cabem julgamentos ,nem sentenças... Linda! beijos, chica

    ResponderEliminar
  18. Un poema de amor precioso, preciosas tus palabras. Un saludo.

    ResponderEliminar
  19. ¿Es Posible que toda esa pasión desbordada tuviese lugar en el muelle? ¿Era de noche y no había luces?
    Seguro que algo he debido de interpretar mal, he puesto el traductor portugués-español para saber el significado de BANCO DOS RÉUS y el significado me hA sorprendido: MUELLE.
    Me ha alegrado el volverte a leer.
    Te deseo una feliz semana.
    Cariños.
    Kasioles

    ResponderEliminar
  20. Gran pasión .
    Muy sentimental y lindo poema.
    Un beso.

    ResponderEliminar
  21. Num banco assim seria bom estar sentado
    Por todos os flancos apreciando a fogueira
    Na esperança de um dia ficar aprisionado
    E que tal prisão durasse uma vida inteira!

    Por aqui o tempo está sempre em alta temperatura... rsrs


    ResponderEliminar
  22. Bom dia Céu,
    Um poema de amor repleto de sensualidade e erotismo, com a contenção qb a que há nos habituou.
    Gostei imenso.
    Sobre a vacina, já tenho a primeira dose, sim.
    Um beijinho e uma excelente quarta feira.
    Ailime

    ResponderEliminar
  23. Um excelente poema, de muita ternura, sentimento e paixão.
    Gostei muito de ler.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  24. Ah! Como é cativante o cativeiro!
    Belo! Deliciosamente sensual, o poema leva-nos para uma outra dimensão, onde tudo se exprime para além do prazer! Existe algo de transcendente que as palavras não traduzem.
    A sensualidade do poema, e o erotismo incontornável que emana das palavras, toca-nos com uma inevitável luxúria, que empolga e faz estremecer!
    Acabo como comecei: Ah! Como é cativante o cativeiro!

    Deixo-te o meu abraço, Céu!

    ResponderEliminar
  25. Apreciada amiga Ceu, es siempre un placer pasar por este bello rincón donde se habla bellamente de poesía y amor en todo su esplendor.
    Me encantó leer tan bello poema de amor y tan dulces, sugestivas y amorosas palabras bien organizadas y mejor entrelazadas. Todo un mundo de pasión y ternura en tus versos.
    Un fuerte abrazo amiga y te deseo un excelente resto de semana.

    ResponderEliminar
  26. Este néctar haverei de sempre querer
    Pois é ele que me faz viver!

    Beijo

    ResponderEliminar
  27. Por diversas vezes somos reféns desse louco e inteso sentimento que é o amor. Como existem situações que nos prendem e nos fazem prisioneiros. Isso pode ser bom e ruim ao mesmo tempo para a nossa saúde. Graças a Deus já superei por diversas vezes esses amores doentios e tóxicos, mas é muito complicado porque a gente fica preso dem jeito que não tem como a gente desvincilhar.

    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderEliminar
  28. Wowww mi amiga Ceu, cuanta belleza
    hay en tu sensual poema,acompañado
    de una buen video musical,lindura
    de linduras chica hermosa, un encanto
    visitarte.

    Besitos dulces

    Siby

    ResponderEliminar
  29. Uau, que belo encontro cheio de paixão!
    Você sempre inspirada!
    💕💕

    ResponderEliminar
  30. Amiga Cielo que bella sensualidad derramas en estos versos. Un placer leerte. Saludos.

    ResponderEliminar
  31. O amor tem, de facto, esse condão de, ao mesmo tempo que liberta, também prender, com a vantagem de fundir dois corpos, num só desejo.
    Abraço de amizade.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  32. Olá Céu, tudo bem?

    Agradeço por sua visita ao meu blog de cartões, alguns foram feitos por mim outros por amigas parceira & leitoras do blog de poesias. Que bom que você apreciou!

    Quanto ao seu envolvente escrito (como de costume) trata-se de uma condenação que pode ser dura, apenas se o réu não apresentar um bom comportamento e não realizar os acordos que a liberdade condicional oferece, saudações!

    ResponderEliminar
  33. Los poemas spn la base de ese amar hacia la cultura

    ResponderEliminar
  34. Cuerpo, piel. Caricia que abre surcos de deseo. Cuantas imágenes, sinestesias provocan estos versos, de erotismo desbordante. Un abrazo. Carlos

    ResponderEliminar
  35. Como hoy me has inspirado en unos latidos al leerte, Céu.
    Te dejo unas letras y espero que te gusten, amiga.

    Hay amores y amores, bella flor
    todo está en su entereza, en saber sentir,
    en ver más allá que la belleza física...
    Ya que sino fuera así ¿qué fuerza tendrían nuestras almas?
    No sabríamos como distinguir un onamismo
    de una esencia de amor más allá de lo infinito...
    Más allá de las fronteras, de los límites rojos,
    de un universo desconocido, de los cuerpos celestes,
    de tantas estrellas intensas que brillan celestialmente.
    Recuerda, tesoro que en el amor, nadie nace aprendido.
    Todo lo que se vive forma parte de saber amar,
    de entender que una mujer es tierna, sutil, poderosa, libre
    de que gracias a la diversidad y en función de cada instante,
    se pasa a una conjugación del placer en función
    de lo finito al infinito como fuerza explosiva
    en donde dos amantes se fusionen en uno en pura esencia.

    Besos y abrazos desde mi costa gallega.

    ResponderEliminar
  36. Después de leerte uno se va mejor de como llegó.

    Besos.

    ResponderEliminar
  37. Olá, Céu!

    No banco dos réus por uma questão tão básica?! Ser arguida de corpo e alma,mas, pelos vistos saiu-se muito bem.
    Pelos vistos não cometeu nenhum crime ou quase.
    Não imaginava que quase custasse tanto?|
    Um abraço de muita amizade,

    ResponderEliminar
  38. waounh mas que poema lindo e com musica linda que adoro era uma grande cantora que eu via muito na tv aqui em frança bjs saude bfs

    ResponderEliminar
  39. Lembrei da expressão _ 'faca de dois gumes' esqueço os 'depois' e fico com o lado gostoso do seu poema ,cheio de sensualidade e prazer. Ah é um ir às nuvens ,né amiga? rs
    Verdade é que aos amantes nada é negado_ que seja profundo e eterno.
    Gosto sempre de vir beber desse talento seu com as palavras.
    grande abraço Céu
    fica bem !

    ResponderEliminar
  40. Olá Céu
    Gostei demais do poema . Sou fã de poemas que falam de paixões .
    Lindo demais o último verso .
    Abraço minha querida

    ResponderEliminar
  41. Belíssima poesia repleta de paixão e desejo
    Gostei imensamente!
    Um beijinho carinhoso
    Verena

    ResponderEliminar
  42. Olá Céu
    Um lindo poema repleto de sensualidade.
    Beijos

    ResponderEliminar
  43. Adorável e dignissima dona meu "CÉU", por onde andas, ser de luz ?

    Bom dia nobre amiga! Como sempre, seus poemas são movidos na sensualidade, mesclados de desejo e paixão. Amo ler e sentir toda essa energia que você nos proporciona. Espero que esteja bem, radiante de saúde e amor. Aqui no Brasil, seguimos com um governo genocida e negacionista, porém temos a poesia e amigos que deixam a vida mais leve, como você. Mãe está comigo esses dias, de mais um lookdown.

    Abração apertado
    do amigo
    Dan
    https://gagopoetico.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  44. Sensual, intenso, apaixonado e belo poema.
    Bom fim de semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  45. Amiga Céu, obrigado por mais uma visita e comentário elogioso que muito me honra, eu também admiro a sua maneira de escrever e, peço licença para lhe convidar a publicar em meu cantinho de homenagem a escritoras na língua portuguesa, já tenho onze amigas que divulguei e pretendo voltar a publicar. Se você quiser, basta selecionar três poemas ou poesias, imagens para ilustrar e uma biografia com foto e me encaminhar pelo e–mail valterpoeta@gmail.com

    Sobre seu comentário em Alquimia:

    Sim, com certeza a mulher é um ser especial e eu na medida do possível procuro grafar em palavras a admiração que sinto. Eu sou um ser que veio ao mundo para observar mais e falar menos, por isso eu uso a poesia como forma de me expressar, desde muito jovem eu sempre fui analista do comportamento humano muito do que eu aprendi de vivência foi através da observação, das ações e consequências e assim por diante.

    Já em relação a mulher, eu tive o privilégio de conviver com mulheres extremamente especiais, desde a primeira de todas, minha saudosa mãe, que somente hoje consigo falar que estive junto a ela em seu leito de morte, quando ela expeliu o ultimo sopro de vida eu segurava sua mão. Cada mulher tem algo de especial, não vou aqui enumerar as qualidades, tem defeitos também, mas no computo geral o saldo é sempre positivo.

    Aqui estamos nos cuidando, mantendo o distanciamento, usando máscara e aguardando a vacinação devido sermos estrangeiros, temos que fazer um trâmite para entrar na fila. Não sei como anda a economia, mas o comércio funciona quase que na normalidade.

    Se cuidem, beijos e muita saúde a todos!

    ResponderEliminar
  46. Muy querida CEU.

    Preciosa Publicacion.

    Me encanta aquello del cuerpo con aroma a jazmín.

    Escribes divinamente y desde el corazón.

    ResponderEliminar
  47. Envolvente poesia parabéns.Onde o amor se encontra inspirado !Obrigado por visitares e comentares no meu blog .Abraço e uma ótima noite.

    ResponderEliminar
  48. Ei CÈU!
    Hoje só passando para
    deixar
    bjins de bom domingo.
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  49. Belísimo poema!
    Gostei de passar por aquí.
    Saudades das súas visitas.
    Feliz domingo.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  50. Olá, Céu,

    Eis um poema que mescla muito bem a sensualidade com a delicadeza, e nunca resvala para o vulgar! E esta Dalida, linda e sedutora, a cantar esta canção tão popular?! Vi um tempo atrás um filme sobre a fascinante vida dela!

    Um beijo e boa semana

    ResponderEliminar
  51. que lindo poema de amor! parabéns, gostei muito, bjs

    https://mulheresquecorremcomsapos.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  52. Vim olhar essas moças vestidas
    só com as roupa de baixo e bater
    palmas para a tua poesia.
    Um beijo e boa noite de domingo
    para ti, Céu, querida.

    ResponderEliminar
  53. Bello poema te hace pensar y me gusto la canción te mando un beso

    ResponderEliminar
  54. Olá Céu.
    De novo você com seus textos me fazendo sentir mais jovem. Obrigado pela visita e comentário no blog. Um abraço, paz e bem.

    ResponderEliminar
  55. Olá Céu
    Poema muito romântico, um forte abraço.

    ResponderEliminar
  56. Céu, você nos faz sonhar sem ser vulgar, linda musica para acompanhar a doce paixão!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  57. Hermosos y apasionados versos Cielo!toda mujer es especial
    y solo tienen que encontrar a ese otro ser que la vea de esa manera
    que la ame y la respete,
    que la encienda y que erice su piel
    como tan bien lo explicitas en este poema!!!Me ha gustado muchisimo!!! Besos y bonita semana por comenzar!A cuidarse mucho!

    ResponderEliminar
  58. Oi, Céu! Amar é sempre bom quando rende belos poemas, pois há algo do infinito
    que nele contém.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  59. Céu um poema simplesmente maravilhoso, acompanhado de um lindo vídeo, gostei de ouvir, bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  60. Preciosas letras, emocionantes...un abrazo

    ResponderEliminar
  61. Cuando se escribe con tanta sensibilidad, surgen versos tan maravillosos y plenos de sensualidad... Me agradó mucho leerte, apreciada amiga.
    Y ese "Bésame mucho" cantado por la cantante francesa...
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  62. Maravilhoso Céu, muitos parabéns.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  63. O amor e a arte de prender ao gosto, ao olfato e ao cheiro.

    Excelente registo.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  64. Olá Céu! Adorei o poema, com ênfase para a estrofe abaixo:

    Ficaste com a certeza de não querer que te parasse de julgar
    e pude-te julgar com sabedoria enquanto fizemos amor
    os dois encaixados, em êxtase, no banco dos réus
    e que a tua pena seja sempre dura, pesada e prisioneira
    tendo só como liberdade o meu corpo e este doce mel meu.

    Se dependesse de mim, o julgamento não acabaria nunca e a pena ficaria sempre mais dura para provar mais ainda das felizes liberdades.

    Beijos e uma ótima semana com muita saúde e paz para ti e para os teus.

    Furtado

    ResponderEliminar
  65. Olá, Céu! Gostei das analogias e da intensidade do poema, que é um estilo muito presente nas publicações do seu blogue. O prazer pode ser (mas não tem de ser) uma prisão cativante, porque sabe a liberdade. E, há mais sentimento de liberdade do que quando se é despido de preconceitos? Nessa rendição, que pode ter algo de prisioneiro, que não é apenas do corpo, há liberdade, um trocadilho interessante que a Céu está a utilizar. Abraço

    ResponderEliminar
  66. Olá!

    Impressionante como estas canções resistem ao tempo!...

    Saudações!

    ResponderEliminar
  67. Disculpa por haber tardado tanto en darte las gracias por tu aclaración, de ahora en adelante jamás se me va a olvidar el significado do BANCO DOS RÉUS.
    No conocía la versión de esa canción cantada por Dalida, pero sí conocía, de muchos años atrás, la canción de BÉSAME MUCHO, de siempre me ha encantado, es más, creo que la he subido a mi blog en alguna ocasión para acompañar a algún poema de los míos.
    Te deseo un maravilloso mes de Junio, seguro que darás vacaciones a tus alumnos y te esperan unos meses de relax, ojalá que este verano sea mejor que el pasado y podamos viajar sin complicaciones y contagios, las vacunas están haciendo su efecto y por Castilla-León los contagios han bajado considerablemente, es más, en el hospital de aquí ya se han cerrado todas las UCIS que estaban destinadas a enfermos graves infectados de coronavirus.
    Cariños.
    Kasioles

    ResponderEliminar
  68. "Quem faz um poema abre uma janela.
    Respira, tu que estás numa cela abafada,
    esse ar que entra por ela.
    Por isso é que os poemas têm ritmo
    - para que possas profundamente respirar.
    Quem faz um poema salva um afogado."
    (Mario Quintana)
    Olá amiga Céu! O poema acima diz bem de como é reconfortante ler um poema bem escrito, que nos reconforta, e, ao menos por alguns momentos, traz o foco de nossa mente para algo luminoso. Quer seja a beleza das rimas e do ritmo, ou a mensagem edificante, a poesia pode ser como um bom chá num dia de inverno: seu efeito não durará para sempre, mas por alguns instantes nos sentimos bem e incentivados a seguir em frente.
    Assim nos sentimos bem lendo seus versos, que nos trazem em linda xícara um precioso néctar.
    Um grande abraço!

    ResponderEliminar
  69. Continuo apreciando a sua escrita, minha amiga.

    Grande abraço e tudo de bom .

    ResponderEliminar
  70. Bonito poema.
    Buena semana.
    Un abrazo

    ResponderEliminar
  71. Olá, Céu!

    Desejo que esteja bem.

    É bom poder apreciar de um momento de amor com desejo e sensualidade.
    Se entregar as sensações, aspirar os odores do corpo, sinônimos de prazer. Assim não há réu nem juiz, apenas dois enamorados felizes por desfrutarem juntos o amor com liberdade.

    Um abraço,
    Sônia

    ResponderEliminar
  72. Obrigada pela visita e por mais um belo momento poético!!!

    ResponderEliminar
  73. Querida Poetisa, CÉU !
    Que texto !
    A Personagem deu um nó em minha imaginação,
    deixando-me completamente perdido...
    Real ou fruto da inspiração ? Nem precisas
    responder, claro.
    PARABÉNS, uma ótima semana, com saúde, e um
    fraternal abraço, aqui do Brasil!
    Sinval.



    ResponderEliminar
  74. Sensual, querida Céu! Com muita classe e categoria!
    Beijinhos,
    Jorge

    ResponderEliminar
  75. Poesía como sólo sabe y puede una mujer... Te felicito una vez más, CËU.

    Abrazo más que grande.

    ResponderEliminar
  76. Maravilha de tribunal, por esse, nenhum delinquente se escusaria a passar. Com certeza, muitos se fariam réus para tão somente se ver diante de tamanho júri. Mais um eloquente e competente poema fulminador de cardíaco. Rs rs rs...

    Um abraço. Tudo de bom.
    APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

    ResponderEliminar
  77. Soy incapaz de escribir un poema, pero me encanta aprender de poetas y poetisas como tú, Ceu.
    Fíjate ... "Estabas seguro que no querías que dejara de juzgarte".
    Un abrazo de viernes

    ResponderEliminar
  78. Bom dia, Céu!
    Versos sensuais e belíssimos...
    Vim agradecer a visita que você fez no meu Blog, vim conhecer o seu e eis que vejo comentários de vários amigos em comum, não deste meu Blog, mas que os seguia e era seguida, com os meus outros três Blogs, que se encontram privados... gostaria de seguir seu perfil, mas não encontrei a caixinha de seguidores. Bem, como estou voltando a blogar agora, depois de um bom tempo, devo estar sem prática para encontrar a tal caixinha de seguidores rsrsrs se puder me dizer como faço para poder te acompanhar... eu agradeço.
    Bom fim de semana, beijos,
    Valéria

    ResponderEliminar
  79. Olá, Céu.
    Parabenizo-lhe pelo tocante poema carregado
    da mais pura lascívia e tão envolvente que chega
    a trazer frescor para a alma.
    Com um fraternal abraço desejo-lhe continuado
    sucesso.

    ResponderEliminar
  80. Olá Céu,
    Espero que esteja tudo bem consigo e com os seus.
    Um poema repleto de sensualidade e paixão!
    Um enorme talento poético aqui demonstrado!!!
    Desejo-lhe um fim-de-semana muito feliz!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  81. EStupendo poema, sensual, directo, emotivo, lo tiene todo y sobre todo expresado de manera magistral Céu, eso es arte del bueno con la pluma amiga.
    Feliz fin de semana.
    Abrazos.

    ResponderEliminar
  82. Olá Céu: espero que esteja tudo bem consigo.
    Gostei deste belo e sensual poema.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  83. Uma inspiração bonita e apimentada. O amor é criativo e livre...
    Bom fdsemana. Abçs

    ResponderEliminar
  84. Olá, tudo bem?
    Aqui tudo bem, graças a deus!
    Belo e provocante poema. Como sempre tuas obras são belíssimas.
    Bjos!!! Fique com Deus!!!

    ResponderEliminar
  85. Que tu continuas viva, no verdadeiro sentido da palavra, ninguém pode duvidar, depois de ler este poema, impregnado de sensualidade transbordando em cada verso!
    Situaste-o num banco de réus, tu lá sabes porquê...mas pelo conteúdo, eu fá-lo-ia num jardim das delícias...
    Um abraço, minha amiga, não percas nunca essa chama que ilumina a tua poesia e por acréscimo, a tua vida!
    Um fim de semana tranquilo, gostoso, que te retempere por inteiro para uma nova semana de trabalho.., (ainda que com máscara)...

    ResponderEliminar
  86. Um Tratado ao Amor!
    Poema com sensualidade de primeiríssima ordem.
    O teu talento não tem limites.
    Parabéns, Amiga


    Beijo
    SOL da Esteva

    ResponderEliminar
  87. Volto aqui e encontro seios
    Apenas semi-despidos
    Para encantar meus sentidos
    Quando embarcam nesses meios
    Tão ardentes! Mesmo alheios
    Há certo pertencimento
    Como se fosse um elemento
    Posto ao alcance da gente
    Que quando se encanta sente
    Ao peito, um peito arfante
    Para incendiar o amante
    Que sente esse seio ardente.

    Passei, e como já comentei, no passo a passo posei na imagem renovada. Abraço fraterno. Laerte.

    ResponderEliminar
  88. Olá, Céu
    Isto não se faz:

    condenado...sem culpa formada.
    faço de advogado de defesa e alego
    que o meu cliente, já que provou desse mel,
    seja libertado e volte quando quiser...

    Sensual poema
    com o prazer saciado e de cara lavado.

    Um beijo e cuide-se muito.
    Boa e feliz semana



    ResponderEliminar
  89. Olá, querida Céu. Pois é minha vida está um pouco complicada, estou morando distante da cidade, longe da minha casa.A internet é lenta e quase não consigo acessar a nada, hoje estou na minha casa e aproveitando para responder e visitar um pouco dos meus amigos de blog.A situação da covid está preocupante ainda, e meu marido tem enfisema pulmonar, o cuidado é muito maior.Seu poema mostra-nos uma grande sensibilidade, uma dupla sensualidade.Uma condenação julgada pela grande paixão.Gostei muito do seu poema.
    Grande abraço!

    ResponderEliminar
  90. Olá querida Céu,
    Estar no banco dos réus para que sejamos a própria sentença no deleite do amor, é o sonho dos amantes apaixonados ! Que feliz inspiração com bela sensualidade e sensibilidade!
    Tuas letras são maravilhosas, transbordantes!!
    Parabéns, querida!!Tenha uma linda semana!
    Beijos

    ResponderEliminar
  91. Hermosos versos de deseo, pasión y sensualidad.
    Abrazos,Cielo.
    Felizsemana.

    ResponderEliminar
  92. Olá Céu!
    Mais um belo poema romântico e cheio de sensualidade, viva ao amor!
    Como está todo por ai? O meu concelho este fim de semana baixou para baixo risco, a população está a ser vacinada inclusive eu! Esperemos que seja o princípio da cura e desaparecimento deste vírus!

    Beijinhos












    ResponderEliminar
  93. Julgada e condenada assim eu querooooo rsrsr. Ai que delícia!!! Amei😘

    ResponderEliminar
  94. Olá Céu.
    Mais um poema cheio de sensualidade e de poderosa expressividade Romântica. Parabéns.
    Quanto ao resto, cá vamos andando em mais este ano "atípico", com tudo aquilo que nos tem reservado.Como alguém dizia, "haveremos de resistir e prosseguir".
    Um Grande Abraço.

    ResponderEliminar
  95. Bom dia, Céu
    Um poema muito bonito! Gostei muito! Estamos todos nesse banco de réus. Cada qual julgando, absolvendo e tentando que a pena seja o mais leve possível. Se tivéssemos a noção de que estamos todos juntos no mesmo processo, talvez a vida fosse menos complicada, e bem mais agradável.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  96. Forte poema inspiração de tirar o folego. Boa noite querida

    ResponderEliminar
  97. Sensual! Intenso! Obrigada por partilhar com os seus leitores toda essa inspiração. Bom fim-de-semana. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  98. Bom dia Céu,
    passei um pouco tarde, mas talvez ainda a tempo de tomar "o café da manhã contigo"!
    Li tudo, fiquei quase sem respiração!
    que poema tão empolgante, eu sei que tu escreves coisas de tirar da brasa
    mas este ficou muito bem, bonito, quase um soneto livre
    com muito amor à mistura!
    fico a pensar que muita gente, por motivos tão escaldantes, não se importaria de ficar
    no banco dos réus!
    beijinhos, boa semana para ti
    Angela

    ResponderEliminar
  99. E por aqui a justiça... fez-se, neste tribunal de emoções!
    Ela... que tanto deixa a desejar... a justiça, propriamente dita... :-))
    Super caliente, este arrebatador momento poético, de leitura cativante, do início ao fim!
    Adorei, Céu! Parabéns! Estimo que se encontre bem... calculando, que por agora numa fase super atarefada, com o ano lectivo chegando ao fim...
    Sempre conseguiu vacinar-se e evitar aquela vacina, que não desejava? Eu fui com o coração nas mãos, por estes dias, pensando que se me calhasse em sorte, não a quereria... mas felizmente no dia em que fui só estavam a distribuir Pfizer... no fim do mês lá irei apanhar a segunda dose... a sensação de alívio... foi indescritível!... Por aqui, tudo super bem organizado... e melhor agora quando fui, do que na altura que a minha mãe foi vacinada... desta vez, organizaram os percursos de outra forma, evitando-se entradas e saídas pelos mesmos locais... desde que entramos no pavilhão agora, é sempre em frente, sem nos cruzarmos com ninguém... e a meia hora de espera, é feita mesmo com toda a segurança e grandes distanciamentos, entre quem está na mesma fase...
    Não senti nada de especial, na primeira dose... mas calculo que a segunda, já nos faça sentir alguma pequena reacção... sonolência, talvez, pelo menos a minha mãe apresentou, durante quase uma semana... embora a idade seja outra, e ela tome bastante medicação, para as suas maleitas crónicas...
    Deixo um beijinho, e votos de continuação de uma boa semana, e um óptimo feriado!
    Mesmo com vacinas... este será outro Verão, que irei passar em modo caseiro... o número de casos continua a subir... foi no que deu as festas futebolísticas... e por vontade de muita gente, os estádios já se tinham aberto... para estarmos certamente bem pior do que o que estamos... com mais uma época turística totalmente comprometida... tendo dado aos britânicos o pretexto que eles precisavam, para desenvolverem o seu próprio turismo interno... no ano passado, estiveram cá por praticamente 15 dias, este ano, os britânicos voltaram a fazer o mesmo!... Boris é esperto! Não dando uma sensação de que estão fechados no seu Reino... abre as portas ao turismo externo, para as fechar de seguida, com medo do vírus... que tem por lá em bem maior quantidade do que por cá, mesmo assim com todos os nossos descuidos internos!...
    Enfim! Cá vamos indo... um dia de cada vez... Beijinhos! Bom feriado!
    Ana

    ResponderEliminar
  100. Querida amiga Céu, ameei ler seus belos versos, sempre fiéis ao seu estilo, escreves sensualmente envolvendo seus leitores, que bom isso!
    Alguns até deixam poemas em respostas, tanto que os inspiram!
    Amar, amor, paixão, tudo nos dá leveza!
    Abraços apertados, sempre!

    ResponderEliminar
  101. Olá querida menina Céu,

    Por aqui seguimos com os mesmos e velhos problemas, a minha mãe segue entre dias melhores e piores na sua confusão mental, há momentos bem difíceis e delicados, essa doença é terrível. Quanto a vacinação no Brasil ainda segue a passos de tartaruga, seguindo o protocolo de vacinação pra minha faixa etária eu devo tomar a primeira dose no começo de agosto se tudo der certo. Não sei se irei tomar a vacina chinesa coronavac ou a inglesa AstraZeneca, tanto faz porque o que importa é estar imunizado.

    Sobre o poema é muito bom estar no banco dos réus com a pessoa amada, encaixada e em êxtase, que delícia! Na paixão somos todos reféns e prisioneiros do amor.

    Agradeço pelo seu sempre brilhante comentário no meu blog, gosto das suas opiniões e de como você analisa os poemas!

    Beijos, abraços, cuide-se e que a vacina chegue pra todos!

    ResponderEliminar
  102. Querida amiga, depois de reler o teu belo poema, pergunto: para quando a sentença? Estou curiosa...
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  103. Há penitências que não nos importamos de cumprir.

    Bom fim-de-semana Céu.
    Vanessa Casais
    https://primeirolimao.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  104. Boa tarde Céu, amei esse poema tão cheio de sensualidade. Vim te desejar um ótimo final de semana e muita e muita inspiração para nos presentear com outros versos! abração.

    ResponderEliminar
  105. Só um elevado grau de sensibilidade e a arte do bem amar pode contribuir a escrever algo assim.
    Encantado estou de reviver algo tão belo: se as coisas não se fazem com essa intensidade não servem.
    Bom, agora falta saber qual vai ser a penalização. Estou intrigado, pois depois de viver algo assim só ficam as gabações e prémios de consolação.
    Abraço de vida, para uma longa vida e muitos textos neste teor.

    ResponderEliminar
  106. Boa noite, querida Céu!
    Lindo poema, parabéns pela inspiração!
    Um abraço. Marli

    ResponderEliminar
  107. You are one of the most seductive writers here. All the best to your creativity!

    ResponderEliminar
  108. Boa tarde, Céu...hoje retorno aqui, para reler seu belo poema ,mas desta vez, com esse meu outro perfil, que reabri...uma hora que tiver um tempinho e caso queira conhecê-lo, ficaria feliz.
    Beijinhos,
    Valéria

    ResponderEliminar
  109. Querida amiga Céu!

    Passando para desejar uma ótima semana para ti e para os teus.

    Beijos,

    Furtado

    ResponderEliminar
  110. Ah que delicia é chegar aqui e ler essas cenas tão poeticamente descritas que nos fazem viajar....
    Sou grata pelo prazer de ler e poder perceber toda sua criatividade
    Muita Luz e Paz
    Abraços

    ResponderEliminar
  111. Oi Céu, fico muito grata por poder ler palavras tão belas!
    Que poema de amor arfante você nos presenteou!!
    Perfeito para ler nas estações frias, aliás, a propósito, aqui no Brasil o inverno não costuma ser rigoroso, mas ao contrário do que sempre acontece, parece que neste ano o frio vai ser congelante por aqui...
    E poemas dessa magnitude aquecem o coração e a mente!!
    Maravilhoso querida, parabéns por mais uma linda criação da sua doce imaginação!!
    Lindo final de semana!!
    Beijinhos!! :)))

    ResponderEliminar
  112. Olá Céu, saudações
    aprecio seus poemas que são sempre intensos. Parabéns pelo talento.
    E gratidão pela passagem lá no blog
    Cordial abraço

    ResponderEliminar
  113. Olá , Céu muito obrigado pelo elogio da minha cozinha ,eu sempre disse que não quereria móveis brancos na cozinha ,mas fiquei rendida quando comecei a ver cozinhas com armários brancos .É outra coisa ficou mais luminosa,as paredes foram pintadas de cinzento clarinho e o chão também é cinzento uma côr que não se nota a sujidade. Bom Domingo

    ResponderEliminar
  114. Olá Céu! Como sempre seus versos vêm nos remetendo sensações na leitura de tirar o fôlego...

    Beijinhos, minha flor!!!

    ResponderEliminar
  115. Céu, difícil encontrar alguém, que não queira viver tão grande amor...Beijos!!!

    ResponderEliminar
  116. Acho que já te disse isto, Céu: encanta-me a maneira como usas e manejas as palavras! Belo post! Meu abraço, boa semana.

    ResponderEliminar
  117. Que de todos os bancos dos réus se pudesse transitar em julgado de Amor!

    Boa semana!

    ResponderEliminar

O MUNDO PASSA POR AQUI