domingo, 31 de maio de 2015

UNIÃO DE FACTO

Aproximei-me dele, fitando-o de forma apelativa
enleando-me melhor, que serpente oriental
mostrando-me e exibindo-me
que o espetáculo era eu que o fazia,
e como muito bem queria.
Semicerrei os olhos, descolei os lábios,
carnudos, rubros e quentes
e com o indicador, convidei-o, provocantemente.

Comecei a trepar, felinamente e empenhada
balbuciando sílabas e sons,
pensados, engendrados e propositados
que se faziam ouvir em ecos
enquanto os meus cabelos sacudiam os ares
num ondular luxuriante e sensual
ao qual o corpo dele não resistiu, e incontido, reagiu.

Ponto de ordem à mesa, disse: isto é o aperitivo!
Seguramente já não ouviu a minha frase
e tanto assim, que se atirou a mim
rápido, de uma assentada
retirando-me as duas peças, íntimas
que estraçalhou à dentada
como um animal que mata para sobreviver
num desatino tresloucado, febril e todo esfaimado.

Fiquei, por momentos, amedrontada, gelada
mas, de imediato, pus-me em ação
desenvencilhando-me, subtil, do varão
mostrando-lhe que sou mulher
inteligente e prudente.
Corri logo para os braços dele
feita gata borralheira
à espera do beijo longo e fundo
como sempre acontecia nos contos de fadas.

Encantado e deslumbrado com o meu gesto
ficou de olhar explosivo
que lhe valeu o pulsar do meu peito
totalmente, em alvoroço
a rigidez dos meus seios redondinhos
prontinhos para o endoidar
a amplitude do encaixe do meu ventre
para o satisfazer e aninhar
em vaivéns originais e transcendentais
pais de orgasmos repetidos, tão únicos e seguidos.

Foi na cama dele, que eu comecei a atuar
por não me sentir naquele espaço
como profissional real em apreciação
mas como mulher muito desejada e amada.
Nós, de ritmo pronto e afinado,
melhor que qualquer orquestra ensaiada
com movimentos belos, melódicos
que de tanta simetria, o luar atrevido
invadiu-nos, sem dizer nada, assim à revelia.

Agora, de fogo ateado no olhar, incontrolado
fizemos a fusão sublime um no outro
bem conscientes e assumidos
partindo vivos e felizes para um paraíso
somente, por nós, merecido.
Ah, como eu ficaria contente e feliz
se todas experimentassem
esta indescritível e inexplicável sensação
que é abandonar um varão
para que se dê a união de facto
decididamente, de um corpo e de um coração.


CÉU

59 comentários:

  1. Um post levemente erótico e intelectualmente excitante...Adorei!
    Beijinho Céu e boa semana!

    ResponderEliminar
  2. Boa noite, muito bem, o que escreveu cativa e muito, o olhar explosivo é a melhor maquina fotográfica existente, quando se cruzam faz estremecer o corpo.
    AG

    ResponderEliminar
  3. Doce e picante, delicado e agressivo, instintivo. O texto e os atos nele se assemelham aos movimentos do bater do coração, seguindo um ritmo de sístoles e diástoles. Genial.

    Beijo e boa semana pra ti, Céu.
    www.dilemascotidianos.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. "Conscientes e assumidos", mencionou você. E transformou, em meu entendimento, a paixão dele, fundada apena em desejo, em um encontro de amor. Bjs.

    ResponderEliminar
  5. A dança do varão, quando bem executada, e no caso de Demi Moore faz-nos mexer na cadeira, é terrivelmente sensual.
    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar
  6. Uma pitada de pimenta, uma colher de açúcar, 100 gramas de volúpia, igual quantidade de erotismo, 1/2 litro de desejo e sal a gosto. Foi assim que construiu este belíssimo texto, não foi Céu?
    EXCELENTE!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comecei o "cozinhado", o "doce", mas não sabia como iria resultar, Carlos!
      Usei todos esses ingredientes, que referiu, e ao que julgo saber, o produto final está a agradar.
      OBRIGADA!

      Eliminar
    2. Pelo que tenho lido por aqui, já cheguei à conclusão que é uma excelente cozinheira. Pelo menos no que às palavras diz respeito.
      Beijinho

      Eliminar
    3. Sou uma péssima cozinheira, no sentido real do termo, e nem gosto de cozinhar.
      Qto ao cozinhar de e com palavras, lá me vou entendendo.
      Beijinho.

      Eliminar
  7. Receita certa, Céu, apara tingir o paraíso: unir o corpo ao coração! Belo texto, boa semana.

    ResponderEliminar
  8. De facto imagino a sinfonia, Acordes perfeitos, total sincronismo no devorar da pauta, onde a batuta do maestro se iria perder no ardor da luta.
    Depois o descanso dos guerreiros.
    Perfeito

    ResponderEliminar
  9. gostei do "ponto de ordem" - que o amor não é balda nenhuma!...
    e não há poder sem "exercício" do poder (erótico) ...

    deliciosa subida ao Céu.

    ResponderEliminar
  10. El paraiso lo tenemos en la tierra,solo hay que saber buscarlo

    ResponderEliminar
  11. Como sempre...seu texto bem sensual...sempre de agradável leitura! Bj

    ResponderEliminar
  12. Fico sempre sem palavras, porque aquilo que escreves é sempre fantástico!

    r: Nem sempre é fácil acompanharmos os detalhes, mas são eles que fazem a diferença :)
    Muito, muito obrigada*

    ResponderEliminar

  13. Tudo em ti me enfeitiça
    E levanta meu alento
    Retira toda preguiça
    Em tal assunto de peso
    Me deixando todo teso
    Bandeiras aos quatro ventos

    Teu ondular fascinante
    Impede-me a resistência
    Me acende num instante
    E culmina com teu beijo
    Explodindo-me o desejo
    E levando-me à demência

    Tento conter-me pra não
    Levantar um alvoroço
    Toda luta é em vão
    Nada vem em teu socorro
    Atiro-me igual cachorro
    Quando lhe destinam osso

    Certamente já fui moço
    Que tinha muito mais gás
    Já não sendo um colosso
    Contudo estou feliz
    A menina rindo diz:
    "O coroa satisfaz!"

    Kisojn.

    ResponderEliminar
  14. Céu faz-me pensar, sobre como é possível fazer algo tão simples como a escrita se tornar tão quente...adorando ler seus poemas...gde bjucas pra vc!

    ResponderEliminar
  15. Ah! minha linda, por mais impecável que seja a perfomance, sem o sal da emoção, fica por isso mesmo - perfomance!

    ResponderEliminar
  16. Sensualidade e erotismo numa descrição cinematográfica :)
    Abraço
    Luis Sousa

    ResponderEliminar
  17. Intenso, fascinante, envolvente, sensual, menos explícito... e contudo infinitamente provocante...
    Como sempre por aqui, Céu, um texto brilhante!
    E a escolha musical... o complemento mais que perfeito!
    Fantástico trabalho!
    Beijos, Céu! Continuação de uma óptima semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  18. Hummm...bom demais, menina...
    Céu, beijosss!!!

    ResponderEliminar
  19. Seguramente la traducción me ha impedido accede a todo lo que late en el poema.
    Aún así me ha parecido magnífico.

    ResponderEliminar
  20. Bem, entre quatro paredes vale tudo e se houver um varão, é sempre uma forma de apimentar a relação.
    Com umas horinhas de prática ainda dá para fazer um brilharete melhor que o da Demi Moore nesse filme ehehehe
    Beijos

    ResponderEliminar
  21. Estrelinha, C(c)éu, fogo...
    Uns deslumbrados outros babados. Outro toma notas para algum guião caseiro,até há quem traga o pente, para o toque final? É há quem queira pagar - um erro grosseiro - não se paga senhores, não se paga.
    Estrelinha, Céu, fogo! A ilusão risca a noite, a estrelinha risca o Céu ou Céu é fogo!

    ResponderEliminar
  22. Para que não pense que não li o poema digo-lhe, Céu, gostei sobremaneira da conclusão, dos últimos três versos. Tenho dito.

    ResponderEliminar
  23. Comecei a trepar, felinamente, empenhada, determinada
    balbuciando sílabas e sons, engendrados e propositados
    que se faziam ouvir em equacionados e geminados ecos
    enquanto os meus cabelos sorriam e sacudiam os ares
    num ondular fascinante, sensual, erótico, luxuriante
    ao qual o corpo dele não resistiu, e incontido, reagiu.

    Lindo, profundo e dosado de bastante sensualidade este teu poema narrativo. Uma perfeita entrega.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderEliminar
  24. Boa noite Céu.
    Vou lhe confessar, não sei muito bem como cometar nos seus excelentes poemas, nem sei se entende rsrs um dia que li ao lado do meu amor e vi o efeito deles , são picantes, envolventes, incendiantes rsrs. Consegue levar as pessoas a experimentar um sentimento diferente, querer algo mais profundo rsrs,em resumo são muito bem elaborados, com detalhes bem destalhados. Soube esse poema é bem exitantes, eu que estou como diz a minha sobrinha na seca a um més rsrs. Um lindo més de junho. Abraços.

    ResponderEliminar
  25. Mi querida amiga CÉU.

    La dulce sensualidad de tu poema llega hondo, muy hondo.

    Y respecto a Demi Moore que tristeza que semejante hembra se hubiese dejado avasallar años más tarde por un cuasi adolescente.

    Fuerte abrazo.

    ResponderEliminar
  26. Hoy comienzas tu poema con ganas de comerte el mundo, hay fuerza en tus letras.

    ¡Vaya forma más seductora de conquistar!
    Te aproximas de una forma que es natural que no pueda resistirse a tus palabras y al encanto de tu melena ondulada.
    Me haces sonreír, si eso era sólo el aperitivo....
    Lo mejor es ese encuentro de dos corazones.
    En cuanto al refrán que pongo en mi entrada, veré la manera de explicártelo para que lo entiendas.
    En Castilla- León suele hacer mucho frío, las heladas y las temperaturas bajas se prolongan, muchos años, hasta bien entrada la primavera, la gente sigue abrigada y no hay que guardar las ropas hasta Junio que pasamos directamente del frío al calor, de ahí el dicho del refrán NO TE QUITES EL SAYO.
    LA PALABRA SAYO SE REFIERE A UNA PIEZA DE ROPA QUE USABAN LOS CAMPESINOS PARA ABRIGARSE.
    En el pueblo, donde suelo ir los veranos, tengo una huerta y en ella planto productos de temporada, muchas años, si te adelantas a plantarlos, viene una helada y lo estropea todo.
    Cariños en abrazos.
    kasioles

    ResponderEliminar
  27. Una dulce sensualidad.

    Muy bonito.

    Un beso.

    ResponderEliminar
  28. Tanto fogo... Poema brilhante!!! Como aliás já nos habituaste...
    Beijinhos e um excelente dia!

    ResponderEliminar
  29. É perfeita, a forma como usa os detalhes, as palavras, a descrição. Adoro.

    ResponderEliminar
  30. Ah sim, querida Céu, se todos pudessem vivenciar a plenitude do amor, sensual e cósmico...Há por certo muita alegria e prazer em amores rápidos, furtivos, que visam apenas saciar o desejo do corpo, mas esta é uma alegria que pouco dura, e precisa de substituição infinita de parceiros para manter a chama acesa na pura matéria. Mas o fogo que se acendeu do contato de dois corações que se atraem e se amam, do atrito de dois corpos que buscam se entender como pessoas e não apenas como brinquedos de amar, esse sim, queima eternamente.
    Um grande abraço, com muito carinho!
    Bíndi e Ghost

    ResponderEliminar
  31. Un cuerpo y un corazón... y ello es así, porque muchas veces uno más uno suma uno...
    Paz y Salud
    Isaac

    ResponderEliminar
  32. UFFFFFFFFFFF QUÉ SUGERENTE TEXTO...!! ME ENCANTA!!
    ABRAZOS

    ResponderEliminar
  33. Hola, Céu.

    Me alegra saber de ti. Naturalmente que mantenemos nuestra amistad.

    En mi perfil del blog y en éste abajo a la izquierda está mi dirección de correo. Si deseas que nos comuniquemos por ese medio envíame un mail.

    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  34. Quando o aperitivo é de qualidade o apetite abre-se. Nem sempre um só varão é suficiente.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  35. O erotismo é uma das bases do conhecimento de nós próprios, tão indispensável como a poesia.

    Bom fim de semana, Céu!:)

    ResponderEliminar
  36. Quando as máquinas falham e delas somos dependentes, não temos alternativas.
    Acabo de receber esta minha, mesmo a tempo de preparar a Postagem habitual, aos sábados.
    Gostava de poder explicar melhor mas o teu Mail é omisso.
    ...Realmente procuro ser certo, regular e atempado. Infelizmente, desta falhei. Prometo Comentar com o acerto e seriedade que sempre coloco nas minhas palavras. Fá-lo-ei no tempo certo mas só depois de ler e entender o que está escrito.
    Apreciei a tua transparência. Por isso te agradeço com o maior calor.
    Dá-me um pouquinho de tempo.


    Beijos


    SOL

    ResponderEliminar
  37. Una magnífica ascensión hacia ese cielo tan deseado.Un relato pleno de matices eróticos que nos lleva a un final apoteósico.

    Un placer y un abrazo

    ResponderEliminar
  38. Saudações Ceu, retibuindo sua visita em meu blog. Posso te adicionar aos meu favoritos? Assim poderei sempre saber o que passa por aqui. Ser intolerante a glutem e lactose deve ser torturante, eu nao vivo sem queijo! Rsrsrs. Beijos e abraços!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seja bem-vinda ao meu blogue!
      Agradeço retribuição de visita e comentário.
      Beijos e abraços.

      Eliminar
  39. Passando por aqui, só para desejar um excelente fim de semana, cheio de coisas boas... já que as respostas aos comentários, têm andado um tantinho atrasadas, lá no meu canto...
    Beijos! Tudo de bom!
    Ana

    ResponderEliminar
  40. Olá Céu.
    Acabo que responder a seu comentário e resolvi vim lhe desejar uma noite bem movimentada rsrs. Um forte abraço. Obrigada pelo carinho amiga.

    ResponderEliminar
  41. acho que a todos é dado experimentar o amor tão belamente descrito, pena que alguns não se permitam...
    bjs

    ResponderEliminar
  42. r: Grande verdade!

    Obrigada e igualmente*

    ResponderEliminar
  43. Corpo, alma e coração em harmonia.
    Não canso de dizer que tens o dom de sensualizar as palavras.
    Belíssimo querida!
    Beijo e lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  44. Olá Céu, fazes maravilhas com o idioma de Camões !
    representação da união perfeita de corpo e alma
    que corpinho tem essa senhora, espetáculo :)
    feliz e sensual fim de semana para ti
    beijocas
    Angela

    ResponderEliminar
  45. Ah, como eu ficaria contente, se todas experimentassem
    esta indescritível sensação, que é abandonar um varão
    para nos unirmos, de facto, a um corpo e a um coração.

    Lindo e muito forte! É exatamente aí onde reside a grandeza e a pureza do sentimento.

    Fiquei feliz com a tua visita e teu comentário deixado no nosso Literatura & Companhia Ilimitada.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderEliminar
  46. Céuamiga

    Já tinha passado por cá e lido o teu poema/prosa com o propósito de voltar para aprofundar a sensação inicial - excelente. Voltei. Dei voltas e mais voltas pus o texto lindíssimo a fazer o pino, a saltar ao eixo, de frente para traz e de traz para a frente, tentei mesmo observa-lo ai microscópio medi-lo com um nónio, eu sei lá que mais.

    No fim, o resultado foi sempre repetitivo, Pendurado num arco floreado, o balão tinha o mesmo peso, a mesma dimensão, o mesmo paralelo, a mesma latitude: Um poema/prosa lindíssimo, provocante, sensual, envolvente, jogando perfeitamente com as ilustrações do cabeçalho.

    És uma Poetisa, uma Mulher inebriante uma Salomé dançando os sete véus para pedir a cabeça do João Baptista numa bandeja. O erotismo extravasa do teu texto, espraia-se em maré alta e afoga-nos no prazer, porque é realmente um prazer lê-lo mil vezes e regressa-lo para compreendê-lo. Uma união, um paraíso - dizes.

    Mas dizes mais: para nos unirmos , de facto, a um corpo e a um coração. Fabuloso!

    Qjs do

    Pernoca Marota



    ResponderEliminar
  47. Um lindo e gostoso de ler esse texto poético, nos faz viajar a cada linha

    Beijos
    Rafael

    ResponderEliminar
  48. Há poemas calorosos como este da Céu, assim sob este intenso dia...

    Beijo

    ResponderEliminar
  49. Céu, minha Querida

    Consegues um Poema (con)sensualmente descritivo, intenso e pleno. Ler ( e reler) é um exercício obrigatório para aglutinar toda a informação que o constrói.
    Gostei. Parabéns.
    Acho que já o disse, mas repito-o: ficas transparente (poeticamente, claro).


    Beijos


    SOL

    ResponderEliminar
  50. Boa semana, Céu; aguardo o próximo post!

    ResponderEliminar
  51. Olá, CÈU,
    Enquanto eu continuar visitando sua página e lendo seus textos, tenho certeza que estou bem vivo.
    Obrigado pela visita, um abraço, paz e bem

    ResponderEliminar
  52. Saudações Céu! Adorei a visita em meu blog, mas... nao consigo achar aonde adicionar vc nos meus favoritos! Beijos e abraços!

    ResponderEliminar
  53. Votos para que tenha um excelente feriado.
    AG

    ResponderEliminar
  54. Saudações Céu! Olha que bacana! Feriado bem legal esse, valoriza bem o povo Português! Eu até tenho Face, mas nao costumo misturar no blog, já que, assim como o Orkut, ele vai desaparecer um dia! Mas o Blog é algo que nunca sai de "moda" é isso ai! Vamos manter a vaidade, mesmo com o frio que esta fazendo aqui!!! Rsrsrsrs... Beijos e abraços!

    ResponderEliminar

ACORDE, PARA O ACORDO!

ACORDE, PARA O ACORDO!

NOTA

ESTE BLOGUE FOI CRIADO A 14 DE FEVEREIRO DE 2015

Número total de visualizações de página


Quiero uno en mi blog